A busca por respostas em NN12, de Gracia Morales

NN é um termo em latim que significa “nome desconhecido”. Quem recebe essa denominação é a personagem principal da peça NN12, escrita pela autora espanhola Gracia Morales.

Na peça, 12 corpos são encontrados em uma fossa retangular, onze homens e uma mulher, a NN12,  morta aos 29 anos e que foi, juntos com seus companheiros de fossa, vítimas da ditadura militar Argentina na década de 1970.


A peça tem como cenário um laboratório forense, onde uma médica legista de 30 anos estuda o corpo dessa mulher encontrada a fim de saber as causas da morte, o passado e se essa mulher tem parentes ainda vivos. Pouco se sabe sobre ela, apenas que é do sexo feminino e que pelo estudo, pouco antes de falecer, NN tinha dado a luz a uma criança

A história toma rumo quando Estevão, de 27 anos, entra em cena. Órfão, ele foi adotado por uma família, mas sempre viveu em busca de suas origens e é no laboratório da médica legista que ele vai encontrar respostas para a suas perguntas, ou não.

Umas das melhores coisas dessa peça, é que em todo tempo, NN está perambulando pelo cenário, embora não esteja viva, temos sua alma, ainda sem tranquilidade a espera de que as coisas se resolvam. O tempo todo ela tá lá querendo ajudar de alguma forma na busca, no entanto, como ela morreu há muito tempo e sofreu abusos sexuais e inúmeros processos de tortura, pouco ela se lembra de seu passado, como se quando você morresse ficasse difícil lembrar de quem era e aos poucos tudo vai se esvaindo.

Gostaria muito de ver NN12 encenada. Alguns momentos são bem conflituosos e emocionantes, enxergar isso em cena deve ser muito forte e nos alerta sobre as prisões que prejudicavam pessoas inocentes, como NN, professora que nada devia a justiça e foi morta pelo contexto em que estava inserida.


A peça transita de forma emocionante, crua e realista. Em certos momentos nos lembra o clima pesado da série televisiva Cold Case - Arquivo Fechado. Um texto curto, de leitura rápida e que nos coloca de frente com o peso das consequências que tempos terríveis como esse causaram, a exemplo de um filho que nunca chegou a conhecer aquela que lhe deu a vida.

X.X.X

SOBRE A AUTORA

Gracia Morales nasceu na cidade espanhola de Madri em 1973. É doutora em filologia hispânica  pela Universidade de Granada, onde leciona Literatura Hispano-americana e Espanhola. É cofundadora da companhia de teatro Remiendo Teatro, na qual trabalha como dramaturga, atriz e assistente de direção. Publicou quinze textos teatrais, alguns dois quais foram traduzidos para o francês, o português, o inglês e o italiano. A maior parte de suas peças foi montada na Espanha, na França, nos Estados Unidos e na América Latina. Sua produção dramaturga ganhou diversos prêmios, entre os quais se destacam o Prêmio SGAE de Teatro, em 2008, por NN12; o Prêmio Miguel Romero Esteo, em 2004, por Un lugar estratégico; o Prêmio Marqués de Bradomín, em 2000, por Quince Peldaños; e o Prêmio Ciudad de Raquena, em 2000, por Formulario quinientos veintidós.



FICHA TÉCNICA


Título: NN12
Autora: Gracia Morales
Tradução: Gilberto Gawronski
Gênero: Teatro espanhol
Editora: Cobogó
ISBN: 9788560965847
Ano: 2015
Páginas: 88

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário!

Tecnologia do Blogger.