Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #369: Contos de Mentira - Luisa Geisler

Título: Contos de Mentira
Autor: Luisa Geisler
Editora: Record
Ano: 2011
ISBN: 978-85-01-09478-0
Gênero: Contos / literatura brasileira
Páginas: 128
Adquira seu exemplar aqui!

Avaliação: 






Resenha


Contos de mentira é o vencedor do prêmio Sesc de Literatura 2010, e a obra de estréia de Luisa Geisler, quando a autora tinha apenas 19 anos. É um livro sobre as pequenas mentiras que contamos aos outros, e a nós mesmos, as mentiras que nos fazem humanos e ser quem somos.

O livro possui 128 páginas e 17 pequenos contos, alguns são mentiras metafóricas, outros sobre pessoas que vivem uma existência de mentira, ou aquele que esconde quem realmente é, ou aquelas pequenas mentiras que contamos no dia a dia, como o “está tudo bem”.
“Atravesso as calçadas pra ter avenidas inteiras só pra mim. Às vezes, evitar as pessoas me faz bem. Como se, quando eu estivesse numa multidão, a multidão sugasse minha energia.” Pag.82
Os contos são breves, e dão a impressão de um curta cinematográfico, com cortes rápidos, ao ler os textos imaginamos com precisão as cenas, cores e personagens. A narrativa da maioria dos contos não é linear, não possui principio, meio e fim. A historia começa em um ponto qualquer, e o desfecho na maioria dos casos ficam a cargo do leitor.  
 “Ela sorria um sorriso por vez, vaga-lumes solitários que lhe escapavam do jarro quando ela se distraía. Cada vez que ela sorria, Benjamin queria dar o Mundo a ela.” Pag.126
Alguns dos meus contos preferidos foram “O Vinco” onde um jovem tímido Rodrigo Haruo Kawasaki, um estudante da Escola Politécnica da USP, tem como hobbie fazer origamis para presentear amigos, e dentro escrevia frases, segredos, pois sabia que ninguém leria já que elas nunca os abrem. Ele presenteia Isabela com um origami e uma frase, aí as coisas começam a acontecer, ou não. 
Outro que gostei bastante foi “Coríntios I” que mostra a mente de uma mulher que casa e depois começa a ver o quanto a sua vida é enfadonhamente normal. O marido começa a cobrar um filho, sem nunca perguntar o que ela acha sobre isso.
“—Mãe, eu sei por que você e o pai não tão mais juntos — Mariana diz. É falta de praia. O pai não gosta de praia. Mas você ama praia, né, mãe? —Ela abre um sorriso imenso.” Pag. 85
Super recomendo a leitura, principalmente para os que gostam de contos, ou querem começar a ler mais desse gênero. Contos de mentira prova também, que o Brasil tem uma produção literária de qualidade. 
Resenhado por:
Elidiane Galdino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!